Uncategorized

Sedenta

Quero a poesia de volta a minha vida. As pessoas que sabiam poesia desapareceram da minha vida. Ou as poesias foram apagadas da memória de todos os meus conhecidos. Não se enviam mais poesias por email nem tampouco se importam com emails que tenha poesia.

Sedenta por poesia sigo.

Sem poesia a vida é tão seca.

Advertisements

4 thoughts on “Sedenta”

  1. Como eu me identifico com esta afirmação! Onde foi parar a poesia que sempre pensei vestir a vida? Onde está a poesia que amanava das flores, das árvores, do céu, dos pássaros…? Fui eu que a perdi ou a vida passa tão ávida de coisas sem importância que perdeu a poesia?

    Like

    1. pois é …tem dias que eu fico bem chateada por estas coisas.As pessoas parecem tão embrutecidas, de uns tempos pra ca resolvi ficar apenas perto de pessoas que me fazem bem. Pessoas grosseiras, indelicadas estou afastando pouco a pouco de meu convivio, nao posso vence-los mas tb nao me unirei a eles. Construrei meu mundo, onde so entraram amigos verdadeiros, pessoas gentis, sinceras e que pratquem acima de tudo a compaixão.
      Muito obrigado por deixar um comentario
      beijos

      Like

      1. Fernanda, as pessoas ãobrutecidas pela vida que são obrigadas a levar. Eu estou farta de ver pessoas a chegarem para logo a seguir partirem. É a vida que as leva não sei bem para onde nem elas próprias tão pouco o sabem… vão para nenhures.

        Mas essas pessoas também nos ensinam. É bom que elas fiquem perto de nós para nós próprios podermos distinguir o bem do mal. São elas que fazem que haja diferença e, como se olhassemos um espelho, podermos escolher o nosso caminho.

        Ah! As pessoas… como elas me desiludiram e como eu, também, terei desiludido as pessoas, ou pelo menos algumas. Todos nós somos santos e pecadores.

        Eu pensava que no meu mundo só havia pessoas verdadeiras e gentis, como diz, mas, um dia (talvez eu lhe conte a si um dia)vi e senti que eram nuvens passageiras.

        Like

      2. Fernanda, as pessoas são embrutecidas pela vida que são obrigadas a levar. Eu estou farta de ver pessoas a chegarem para logo a seguir partirem. É a vida que as leva não sei bem para onde nem elas próprias tão pouco o sabem… vão para nenhures.

        Mas essas pessoas também nos ensinam. É bom que elas fiquem perto de nós para nós próprios podermos distinguir o bem do mal. São elas que fazem que haja diferença e, como se olhassemos um espelho, podermos escolher o nosso caminho.

        Ah! As pessoas… como elas me desiludiram e como eu, também, terei desiludido as pessoas, ou pelo menos algumas. Todos nós somos santos e pecadores.

        Eu pensava que no meu mundo só havia pessoas verdadeiras e gentis, como diz, mas, um dia (talvez eu lhe conte a si um dia)vi e senti que eram nuvens passageiras.

        Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s