Pinacoteca de São Paulo

A Pinacoteca do Estado de São Paulo é um dos mais importantes museus de arte do Brasil. Ocupa um edifício no Jardim da Luz, no centro de São Paulo, projetado por Ramos de Azevedo e Domiziano Rossi para ser a sede do Liceu de Artes e Ofícios. É o mais antigo museu de arte de São Paulo, fundado em 1905 e regulamentado como museu público estadual desde 1911.

Eu simplesmente amo este lugar!!! vc sente ao adentrar por suas portas, a arte transpirar, ela brota das paredes, teto e chão. São 3 andares, o superior sempre abriga peças do acervo, o intermediario exposições e no piso inferior normalemnte exposições de fotos. Ha também um charmoso cafe, as vezes o serviço peca, são muito demorados, masa vista das árvores compensa.

É um dos lugares onde minha mente deacansa, se acalma, sonha. Eu sempre saio feliz de la. É mágico.

Lá ja assisti exposiçõescomo de Tarcila do Amaral, Volpi,entre outras tantas.

Um lugar agradavel para se passar a manha, ou tarde ou o dia todo.Com a vantagem de ser próximo ao metro e ao mercado central, com seu maravilhosos bolinhos de bacalhau e temperos para comrpar.|Outro dia falarei sobre este local, tb delicioso.

lustre da pinacoteca

    

acervo da pinacoteca

Um comentário sobre “Pinacoteca de São Paulo

  1. já estive lá e como sempre não vi nem metade das coisas nem o conseguiria que tu consegues ver.

    mas eu desta vez tenho uma razão para tal. tinha acabado um casamento de quatro anos e deixei para trás o meu coração, o meu sentir, dois terços do meu eu, o meu filhote.

    lembro-me de algumas cisas que me entravam quase à força como um grito pelos olhos quase sempre marejados e mitigavam um pouco a dor quase insuportável que me apertava como um torno gigante desde o peito até à lembrança.

    nunca contei esta história senão hoje e nem sei bem porque o faço, sei para que o faço, assim talvez me livre dela.

    essa viagem era para ter sido uma viagem sem regresso, mas não ao meu país, era um bilhete de ida para o país dos que já foram antes de nós, era para me juntar à minha Avó, sem que o resto da “família” tivesse conhecimento.

    tão pobre de espírito era eu.

    como em quase todas as muito más alturas da minha vida fui abençoado por um milagre de uma dádiva tão grande que ainda hoje o meu esoanto não encolheu, num corpo muito moreno alguém me cantou um samba ao ouvido falando de encontros e desncontros, de uma vida para viver e conseguiu colar as minhas partes todas partidas e fazer de mim uma pessoa alguém, sem pedir nada em troca, também eu não tinha nada para dar quando não se possui a si mesmo.

    tr^s meses mais tarde retornei a Portugal, a mesma base de pessoa que era e sarei grande parte das minhas feridas.

    tornei-me num homem dez vezes mais forte do que aquele que era e muito melhor do que o primeiro exemplar.

    toda a minha vida hei-de estar grato a essa pele morena e olhos pretos e voz melodiosa e a esse coração magnífico, que transformou um farrapo num homem novamente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s