carpe diem, devaneios

Um violinista no telhado

Um violinista está no telhado.

La esta o violinista tocando canções, la em cima tocando para quem passa.

Ele toca nossas alegrias, ele toca nossas tristezas.

Ele, como um equilibrista daqueles que tem asas invisiveis, passeia por sobre os telhados.

Toque para, Tevye, o leiteiro.

Toque uma musica para as moças que não querem se casar.

Toque para as crianças que sonham em visitar a Lua.

São tempos de mudanças, de incertezas. Mas la continua nosso violonista.

Ele está acima de tudo isso, ele ve os ventos dançando sua mais nova dança, e toca com eles.

As cordas deste teu violino, tocam musicas eternas.

Toque para mim.

Toque uma musica em que eu reconheça a voz de minha avó, de minha mãe, toque um acalanto para meu coração.

Quero fechar os meus olhos e só escutar sua doce melodia.

E viajar com os acordes de seu violino, para um mundo

Onde os Homens nunca aprendam a ter medo de amar.

Advertisements

2 thoughts on “Um violinista no telhado”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s