Favonian Wind

Era demasiada alada para criar raizes,

Tinha uma saudade rasgada do desconhecido

Era fluida demais para o mundo concreto

Festejava a coragem do que ousaram entrar em seu labirinto

Devorava corações e colecionava conchas do mar

 

sand

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s