culinária, Gastronomia, Receitas, receitas&memories, Uncategorized

Variação n°2 para escondidinho

De origem controversa , alguns dizem que é de origem portuguesa outros de origem africana, mas é bom lembrar que mandioca, batata , mandioquinha tem sua origem nas Américas e somente depois do descobrimento é que foram introduzidas na Europa. Portanto, minha teoria (nada comprovado ) é que , como tudo no Brasil, o prato tenha sido criado por uma mescla de culturas.

Prato típico do nordeste, principalmente no estado de Pernambuco, originalmente feito com carne seca, mandioca, manteiga de garrafa. Aqui faço uma variação com outros ingredientes , afinal quem conta aumenta um ponto e quem gosta de cozinha sempre inventa uma maneira nova de fazer uma receita.

Ingredientes da Primeira Camada

Azeite (quantidade necessária para refogar a cebola e a linguiça)

Shoyo (quantidade necessária para dar gosto)

Açucar ( 1 colher de sobremesa)

Vinagre de tamaras (quantidade necessária)

3 cebolas grandes , cortadas em “julienne” (tiras finas)

8 linguiça calabresa fina (há pacotes com 4, uso 2 pacotes) cortadas em rodelas finas

Salsinha picadinha (1/2 xícara)

Pimenta do reino branca moida

Noz moscada

Modo de Preparo Primeira Camada

Numa frigideira coloque azeite e as linguiças, refogue ate começar a dourar coloque shoyo e continue mexendo , coloque a salsinha e tempere com pimenta e noz moscada até cozinhar. Não precisa de sal pois o shoyo já é salgado. Uma vez que estejam  bem fritas, reserve. Na mesma frigideira coloque mais azeite, coloque as cebolas e refogue, quando começarem a soltar liquido, colocar um pouco de shoyo, açucar e o vinagre, quando elas estiverem praticamente douradas colocar as linguiças  que estavam reservadas, mexa por 2 minutos e coloque no fundo de uma travessa de vidro retangular.

escondidinho

Ingredientes da Segunda Camada

1 kg de mandioquinha

noz moscada 

sal a gosto

Modo de Preparo

Cozinhar a mandioquinha até ficar no ponto para amassar para pure. Fazer o pure e temperar com sal e noz moscada (opcional : mateiga de garrafa). Colocar por cima da primeira camada que já esta na travessa. Levar ao forno para dar uma leve dourada.

Dica: cozinhe ao som de Billie Holiday, All of me

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s