Brasileiros vivendo na Argentina, culinária, Gastronomia, Receitas, receitas&memories

Ishli Kafta

Durante o tempo que morei em Buenos Aires, fiz um curso bem longo de gastronomia armênia. A Argentina é o país com uma grande população de armênios fora da Armenia. Muitos deles são netos ou bisnetos de armênios que sobreviveram ao genocidio turco, eles trouxeram suas musicas, sua gastronomia, seus costumes para a América.

Para quem tem interesse o curso pode ser feito na íntegra, dura em média 1 ano e 2 meses, depende do ano(com turmas maiores eles acabam colocando receitas a mais e estendendo o curso), ou voce pode entrar em contato e ir em uma ou duas aulas de seu interesse. Para quem gosta de viagens que incluem aprendizado gastronomico fica a dica, o site do curso que eu fiz é Cocina Dibet. A professora é uma senhora simpatississima, muito querida que conta todos os segredos das receitas e um pouco de história da comunidade armênia argentina. Ah, uma das auxiliares faz um café turco memorável.

Das muitas receitas que aprendi o Ishli Kafta é uma das preferidas de minha filha. Na gastronomia arabe há variações desta receita, mas a que vou repassar é a armênia.

INGREDIENTES:

Para camada externa

1/2 kg de trigo fino já lavado

700 gr de carne moida sem gordura, passada no processador com 1 pimentão vermelho (sem sementes, já limpo)

sal e pimenta do reino

Para o recheio

1 kg de carne moida com um pouco de gordura (pode ser patinho)

1 cebola picada a brunoise

100 gr de manteiga

Sal

Pimenta do reino

Aji (pimenta tipica da argentina, mas pode-se usar outra como caiena)

Cominho

Pimentao em pó (comum na Argentina, mas dificil de encontrar aqui no Brasil)

Bahar (pimenta síria)

 

MODO DE PREPARO

Recheio: em fogo alto refogar a carne e a cebola, até que a cebola fique transparente. Retirar do fogo  e acrescentar a manteiga e os condimentos, misturar bem até que a manteiga derreta completamente. Reserve e deixe esfriar completamente. Fazer pequenas bolinhas do tamanho de uma noz com o recheio já frio, reserve as bolinhas.

Parte externa: misturar bem a carne já processada com o pimentão, com o sal , pimenta e o trigo. Acrescente um pouco de agua para facilitar o manuseio da massa que irá se formar. Pegue uma porção que caiba na palma da mão e amasse, até deixar uma camada muito fina.

Nesta camada fina coloque uma das bolinhas do recheio e então feche, formando uma bola do tamanho de uma ameixa. É importante que a camada externa fique fina e o recheio de dentro esteja bem umido, para então termos uma casquinha croconte com um recheio mais “mole”. Você pode fazer formas ovaladas ou esferas. Deixe uma vasilha com água a mão para molhar as mãos, isto ajuda a fazer a esculpir a kafta, não gruda nas mãos.

kefte

Foto do curso Dibet

Termine de fazer todos as kaftas , unte uma forma com manteiga e leve ao forno médio por 20 minutos ou cozinhe em água com sal ferevendo por 5 minutos (é uma outra variação da receita). Eu gosto mais no forno. Sirva com um molho de iogurte, limão ,alho e hortelã.

E voilá, bon appétit!!

kef

 

 

 

Anúncios

1 thought on “Ishli Kafta”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s