carpe diem, poesia

mudamente a alma desperta

Nada há que me domine e que me vença

Quando a minha alma mudamente acorda…

Ela rebenta em flor, ela transborda

Nos alvoroços da emoção imensa.

(CRUZ E SOUSA)

http://flic.kr/p/7x5XTE




Advertisements
sobre a vida

Cirurgia de tireóide

Há dois dias realizei a cirurgia na tireóide (1/07/2010). Pelos exames havia suspeita que o nódulo fosse maligno.

Por isso houve necessidade de cirurgia, durante a cirurgia  foi realizada uma nova biópsia, conclui-se que não era maligno e sim uma tireoidite.

Aqui segue um desabafo  do  que foram e têm sido estes dias.

a descoberta

Qdo descobri o nódulo minha mãe ainda estava internada(junho de 2009), semanas depois veio a falecer.Realemnte, eu não tive cabeça de correr atrás de exames. Também estava numa fase conturbada com muito trabalho. Praticamente esqueci que tinha alguma coisa na tireóide. A perda da minha mãe doía tanto que eu não conseguia pensar em nada.

a burocracia

quando finalmente resolvi ver o que estava acontecendo, esbarrei com a burocracia de nossos convenios. Muito se engana quem, pensa que só pq tem seguro de saúde, não terá problemas  de espera para realizar consultas, exames, etc. Tentei usar o convenio de meu emprego (CarePlus), e por mais de 3 meses negaram o pedido feito por um médico deles mesmo para biópsia do nódulo em minha tireóide. Acabei entrando no convenio de meu marido (SulAmerica) e só então consegui a autorização para fazer o exame. Se fosse algo maligno, talvez fosse tarde demais. Preservem e lutem pela saúde publica do país, boa parte da minha cirurgia foi paga pelo SUS.

a constatação

fiz a biópsia. Pra quem não sabe, o exame é bem desconfortável, colocam uma agulha enorme e sem anestesia através do pescoço. Um pedacinho do nódulo é retirado e então se faz a análise. Não chega a ser uma dor insuportável, mas é bem desconfortável. Após 3 dias veio o resultado: lesão folicular, portanto era inconclusivo, e havia a suspeita de malignidade.

a negação

Bem uma vez que constatei que não poderia só acompanhar por ultrassom e teria que operar, pela primeira vez senti medo…um medo paralisante, horrível, uma sensação de não ter mais poder sobre minha vida. Então comecei a protelar procurar um médico. Passei a questionar sobre os médicos, é uma cirurgia delicada um erro e pode-se pegar estruturas nobres, como artérias, nervos, é uma sensação avassaladora de que de repente sua vida pode acabar em segundos. Um médico muito bom que me indicaram me cobrou 25 mil pela cirurgia, não tinha condições de pagar. Eu vi minha mãe morrer por erro médico, porque o convenio que ela pagou por 25 anos não liberou exames simples que salvariam sua vida, agora eu dependia de um médico do plano de saúde privado.

a aceitação

Acabei vendo um médico do plano de saúde do meu marido mesmo. Não que eu tenha morrido de amores por ele, mas cansada de ter medo eu só queria resolver logo, pro Bem ou para Mal queria que minha angústia acabasse. Nas horas antes da cirurgia bateu um medo terrível. Voce fica insignificante.

a cirurgia

Foi tudo bem, só uma parte da tireóide foi retirada, não havia sinal de malignidade. Foi feito um corte de 8 cm no meu pescoço.

o pós cirúrgico

está sendo…no dia senti dores horríveis, nem o tramal resolveu, alias piorou, tive reação, tive náuseas, tonturas, foi uma noite infernal. Já fazem 2 dias, continuo com dor, menos do que no primeiro dia, mas ainda tenho dificuldade para falar, mover a cabeça, deitar, etc. É muito limitante. Mas estou viva , isso é o que importa. Agora serão dias em repouso e para pensar no que pretendo fazer da vida. Percebi que a vida é preciosa demais, cada coisa pequenina é importante, cada segundo, e eu não quero mais dispediçá-los ao lado de pessoas pequenas. pessoas que tem medo. É uma decisão que tomei.

dias depois

Dor, dói muito. Hj fui ao médico trocar o curativo, devo ficar em casa por mais uma semana. A cicatrização está ok. Ainda tenho dficuldade para comer e se falar demais sinto dor. Mas sinto um alivio enorme, um peso foi tirado de mim.

update 7 anos depois:

Nunca precisei tomar hormonio, até hoje meus exames deram normais. Tive uma filha. Depois de anos de terapia percebi que houve coisas bem piores na minha vida que eu me esforcei muito para fingir que não existiram como uma infancia permeada de todo tipo de violencia e dois relacionamentos muito abusivos. Talvez engolir coisas demais tenha adoecido minha tireóide.

lições pra vida: pense bem antes de engolir coisas que te fazem mal, seja por medo, por educação, pelo que voce pensa ser amor, tente ser honesto com voce e dizer o que pensa. Declare seu amor, seu desamor, sua insatisfação.

poesia

Nirvana

Nirvana by Charles Bukowski

Not much chance,

completely cut loose from

purpose,

he was a young man

riding a bus

through North Carolina

on the way to somewhere

and it began to snow

and the bus stopped

at a little cafe

in the hills

and the passengers

entered.

he sat at the counter

with the others,

he ordered and the

food arived.

the meal was

particularly

good

and the

coffee.

the waitress was

unlike the women

he had

known.

she was unaffected,

there was a natural

humor which came

from her.

the fry cook said

crazy things.

the dishwasher.

in back,

laughed, a good

clean

pleasant

laugh.

the young man watched

the snow through the

windows.

he wanted to stay

in that cafe

forever.

the curious feeling

swam through him

that everything

was

beautiful

there,

that it would always

stay beautiful

there.

then the bus driver

told the passengers

that it was time

to board.

the young man

thought, I’ll just sit

here, I’ll just stay

here.

but then

he rose and followed

the others into the

bus.

he found his seat

and looked at the cafe

through the bus

window.

then the bus moved

off, down a curve,

downward, out of

the hills.

the young man

looked straight

foreward.

he heard the other

passengers

speaking

of other things,

or they were

reading

or

attempting to

sleep.

they had not

noticed

the

magic.

the young man

put his head to

one side,

closed his

eyes,

pretended to

sleep.

there was nothing

else to do-

just to listen to the

sound of the

engine,

the sound of the

tires

in the

snow.


arte

Cacos para um vitral

Embora os vitrais tenham difundido-se muito durante a Idade Média na Europa, há peças com vidros coloridos que datam da época dos egipcios e romanos.

Na Europa durante a Idade Média,os vitrais foram amplamente utilizados na ornamentação de igrejas e catedrais, o efeito da luz solar que por eles penetrava, conferia uma maior imponência e espiritualidade ao ambiente. Atráves de suas imagens, passagens da Bíblia eram contadas,para a população de maioria iletrada.

Há também belos vitrais ornando sinagogas.

Durante o sec VIII, arquitetos islamicos utilizaram muito os vitrais, uma vez que contavam com excelentes químicos como Jãbir ibn Hayyãn, que  chegou mesmo a escrever um tratado sobre métodos de pigmentação de vidros.

Basicamente, a pigmentação do vidro é feita pela adição de sais metálicos. A cor nas peças de vidro é obtida pela adição de substâncias como o bismuto, o cádmio, o cobalto, o ouro, o cobre e outros, à massa de vidro em fusão. Todavia devido a utilização, muitas vezes, de metais pesados, seu uso foi sendo abandonado em muitos países.